BoxCast 017 – Sex and the City: O Filme

 

Finalmente pagamos o que SATC merece: quase uma hora de podcast

FEED – Clique com o botão direito, copie o link e cole no seu itunes.

Esta edição do podcast é de verdade um Box Fechado. Começamos a gravar podcasts falando sobre esta série, nada mais justo do que comentar o encerramento dela: o movie. Você vai ouvir “É Ruim, Mas é Bom” com vinheta cantada, tem também as melhores frases, comentários fashion indignados sobre um cinto de tachinha emo e a música tema do filme, assim como uma abertura estilisidada bem bonita. Aperta logo o play aí, vai!

Arte: André Maia – blog suprerbrush.wordpress.com

Considerações

Ana
Intimidade é uma merda.
K, a segregadora! Deixa o povo que não assistiu a série ver o filme, ô. XD
Gilmore Girls não terminou, foi cancelada. Quando filmaram o último episódio, ninguém sabia se era o final da série ou se ela teria outra temporada, por isso, ficou meio em aberto. Eu achei perfeito, fugiu dos clichês e, portanto, penso que um filme estragaria isso.
Hollywood está fazendo filmes sobre séries porque, mais uma vez, enfrenta uma crise criativa.
“Eu moraria naquele closet” é a minha frase do podcast… De todos eles! XD
Ana, a pervertida! =O
Meus dotes vocais e, principalmente, minha noção não me permitem cantar em público.
Carla, obrigada por mais uma divertida participação!
Caio
K, os produtores anunciaram que vão levar o filme até o interior, mas para isso vão mudar o nome: Sex and the Country. Nele a protagonista tem fixação por botas babooche e camisa de flanela com franjinha. Seu nome será Ana Raio e o Mr. Big se chama Zé Trovão.
Carla
Desculpem, minha voz já é ruim, com garganta ferrada fica pior ainda.
O cinto foi pura jogada de marketing da Patricia Fields (postarei um post sobre isso hoje, eu espero)
Eu nunca me casaria com um homem como o Big, mas eu quero um homem que me dê um closet como aquele!
Nunca pensei que reafirmaria isso, mas me emocionei ao ver o primeiro take da Carrie, ela continua chata, mas ahh como é bom rever minhas amigas!!!!
O mais longo? Cararamba não deu nem pra perceber!
Obrigada pelo convite, quero mais!!!!
K
Obrigada Carla pela participação!
Qual é o problema Caio?????????????????????????? Revela! XD
O Caio não me entende ¬¬ Queria saber um bairro similar ao Brooklyn de NY, não o próprio Brooklyn de SP ¬¬
Não acho que a Carrie forçou a barra pra casar, ela simplesmente levantou o assunto e o Big deu corda ¬¬ Big me irrita no filme XD
Viva os 100 anos da imigração japonesa /
Que revolta com o cinto da sorte da Carrie Carla XD
Podcast mais longo da história do Box, mas eu gostei muito de fazer =D

0 resposta para “BoxCast 017 – Sex and the City: O Filme”

  1. # Renan Stuniesky disse:
    30/06/2008 às 7:16 pm

    MUITO BOMMMMMMM…

    eu gostei mais da abertura do q o filme em cí, com a carie relembrando o seriado e tals…
    e verdade o lançe do cinto tbm tinha reparado nisso, houve tantas criticas, mais mesmo assim o importante foi a excencia que o seriado tinha e manteram no filme a amizade delas, e eu nao me importei muito com a historia, ate mesmo pq sex and the city funciona como teriapia e tals…

    brigado pelo abraço!!!

    raxei com vc, o renan q nao sei falar o sobrenome ahshaushuashuasah

    # Mary disse:
    01/07/2008 às 12:49 am

    Como eu já disse pro Caio: OBRIGADA pelo podcast. HAHAH Sério.

    Bolei de rir!
    Vcs parecem ser tão ácidos quanto eu, e isso é ótimo!
    Concordei com praticamente tudo, exceto:

    – Não achei o cinto da Carrie over,
    – Não achei aquela Louis Vuitton brega,
    – Adorei a trilha sonora.

    Enfim, estão todos de parabéns! Quero mais podcasts sobre SATC, pra matar a saudade (jájá as garotas serão esquecidas pelo Mundo, aiai).
    Beijos!

    # samara disse:
    05/07/2008 às 9:18 am

    Só agora pude ouvir o podcast, aha, ficou engraçado.

    Acho que estou mais pro lado do Caio, o filme me decepcionou, mas foi bom reencontrá-las. Só achei que os dramas, além de fracos, tiveram desfechos ridículos, bem caidinhos mesmo.

    E, sim, sim, sou muito mais o Aidan do que aquela mala do Big, rs, mas nem por isso vou deixar o blog, rs.

    # Tânia Moraes disse:
    10/08/2008 às 10:44 pm

    Eu gostei bastante do filme.
    Eu assistindo o filme, no momento em que o Big não vai pra igreja, eu comigo mesma falei “eu sabia” e bem feito quem manda não ficar com o Aidam. rsrss
    Adorei a charlotte, principalmente na cena que a carrie e big descem da limonise e brigam e ela defende a carrie gritando ‘NÃO, NÃO’ disse tudo o que eu queria pra ele e com a mesma emoção.
    O filme deve varios momentos que me deu uma vontade imensa de chorar.
    Foi bom
    Adorei o podcast
    EU tb não quero um 2 filme
    Um tá otimo
    Mas de Gilmore Girls eu quero. Rrsrsrsrss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *