BoxCast 031 – E.R.

SPOILERS – Para quem já viu, quer ver e/ou ama ER

FEED – Clique com o botão direito, copie o link e cole no seu itunes.

Se você ainda não viu as temporadas de E.R., mas quer chegar ao final dela com todas as surpresas que merece, então nem ouça esse podcast. Ele é talvez o mais longo da nossa segunda temporada. Tem convidado especial e finalmente a Ana fala mais do que os outros (pq ela deixa para falar apenas quando sabe do que fala). Mate sua saudade do ‘É Ruim, Mas é Bom’ e do quadro de ‘Frases’, além de conhecer Rogério, o dono da Voz!

Contém spoilers a dar com pau.

20 de junho de 2009

0 resposta para “BoxCast 031 – E.R.”

  1. Erika Ribeiro says:
    27/06/2009 at 4:26 pm

    E.R. é muito bom. Greys Sucks.

    O Drama médico é maravilhoso e o drama familiar e de relacionamento tem no hospital mas rola fora dele principalmente, não fica rolando festa e DR no hospital. Plantão era um drama de classe, não é dramalhão mexicano meloso de Greys.

    Uma coisa que fez E.R. durar tanto foi que mesmo saindo personagens amados e legais, os novos eram carismáticos também, sem serem imitações, substitutos apenas. Alguns, como a Abby e a Neela, poderiam ter feito parte do projeto no início.

    Os melhores para mim foram Dr.Ross (não o Ross de Friends, ele não era Dr. que salva vidas rsrsrs), a Abby (enfermeira + médica + bebum + vertice de um triângulo (ou quarteto, coma Susan de volta) amoroso + mãe doida + irmão problema + alvo de tiros no hospital + um monte de etc….) e da Dra.Susan Lewis, fofa ela, gente boa, detestava a irmã dela. Ahhhh, a Neela é legal também.
    O Benton Sucks.

    Melhores participações: Cynthia Nixon e Thandie Newton o/

    E realmente o Carter é o ruim mais é bom, na verdade quase péssimo mas é bom, ele é muito mala e tenho raiva. Quando ele é residente ele é todo bonzinho, depois quando vira chefe substituto dos residentes no lugar do Green, depois sai e volta a ser chefe ele fica metido a sabichão (E o Noah é muito canastrão). Acho que a Neela Rasgrota foi uma residente muito melhor que ele.

    Agora E.R. para 15 anos de séries, foi muito boa. Tem muita série que só teve 5ª temporadas e teve mais episódios chatos que E.R. em 15 anos.

    Momento marcante: O Helicóptero matando o Romano é quase tão clássico quanto a explosão do prédio em Melrose rsrsrs
    O Romano era do mau, egocentrico, metido, frio e nojento, perto dele o Dr.House é uma flor de pessoa. Ele só tinha a Corday de amiga e nenhuma mulher queria saber dele, ele era uma mala sem alça com rodinha na ladeira (deu para perceber que eu não gostava dele? rsrsrsrs)
    A morte do Romano foi quase tão engraçada quanto a do Dr. Drake (Joey) em Friends rsrsrsrsrs

    Comentário sobre os “Podeiros”:

    Ana, cuidado, você deve ter ficado rouca depois desse Podcast, falou muito rsrsrsrs

    Oi , Rogério, tudo bem? Prazer ! =D

    O K quer ouvir música vai ver Coldcase, não tem história, mas música tem a pampa =P

    Caio e o Jack? rsrsrs

    E.R. forever !

    Caio Fochetto says:
    28/06/2009 at 3:07 am
    @Erika Ribeiro – Depois desse comentário gigante, nem preciso fazer consideração sobre o podcast. rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *