0 resposta para “BoxCast 102 – Game Of Thrones #RIPTrololo”

  1. Adorei que vcs fizeram um pod só pra GoT e tbm achei que o finale foi fodaço, tô cansado de ver neguinho reclamando da série e pra mim só faltou o gordinho morrer.

    Minha memória tbm não é das melhores mas acho que o pai da noiva é aquele tiozinho com várias filhas feias dono de uma ponte importante pra guerra, e que como a Ana disse, não gosta de ser atravessado (tendeu? ponte, atravessado…)

    e o apelido do Caio devia ser Dory né? rs

  2. Ana, vc tá certa. O pai da mulher que o Robb deveria casar é mesmo o cara com quem a Cat foi fazer aliança no final da primeira temporada. Só assim ele cederia o exército dele e liberaria a passagem pelo reino dele.

    PS: Também fiquei XATIADO com a morte do Rei Viado. 🙁

    1. olha q sou fã, mas tava mta afetacão msm..deve ser o dia dos namorados msm e fka tdo mundo meio lesado,qdo n deprê rsrs…e ta SO GAY esse pod hahah nem eu q sou gay, tem hr q n aguento tanta gayziçe…mas n perco um dessa dupla dinamica robin e robin hahaha xo parar de flar besteira, bjoo

  3. Seus Lyndos!!!
    I’m Baaaaaaackkkk!
    Caí durooo quando vcs leram meu humilde comentário!
    #ChorandoMuitoAqui
    #Muita Emoção!!!

    O cast foi muito massa até pra mim que não vejo GoT (Boooooooooommmmmmm na cara da sociedade putinha de GoT)

    Como assim Brasil??? Chupava quem faz??? kkkkkkkkkkkk
    E ainda tivemos a participação do 3º elemento o PapaDog da Ana!

    Fiquei muito triste com a morte da Sra.McClusky…

    Cast 10000000000000…

    You Pix Chegando! Já toh lokoooo e vou tietar muito vcs!
    Um Bjo p vcs e até o proxímooooo!!!

    PS: Quero ver me chamar pra participar do PodCast!!!!
    #PRETENSÂO!!!

  4. sou nova no site, mas é difícil ouvir os podcast onde os indivíduos a cada 5 palavras repetem a sempre uma expressão, principalmente a menina!! Para chegar ao final do pod é tarefa muito ardua, muito over. A menina quer criar bordão, se liga!!! né gene?! rsrsrs. Marcia

    1. Mas Márcia, se vc não gostou, não precisa forçar a barra e ouvir até o final. Para a gente, sinceramente e sem querer te ofender, não vai fazer a menor falta. E veja pelo lado bom, você não perde tempo com a gente. O podcast é para quem gosta. E olha, tem gente que gosta, viu!

      1. Caio vc que grava o pod? Pois achei q foi vc que se ofendeu!! Olha só, independente de “fazer falta” ou não, acredito AINDA em críticas construtivas e lendo os outros comentários, me parece que tem gente com a mesma opinião!! È uma pena vcs não quererem ampliar e qualificar o trabalho de vcs … porém achei bem legal minha opinião estar aqui no site, demonstra que pelo menos há democracia na ausência de qualidade e humildade… abraços!

  5. Sou eu que gravo sim. Gravo e edito, Márcia.

    Quanto a publicação do seu comentário aqui, não tenho pq remover. Sua opinião foi registrada, lida, mantida e respeitada.

    Só não concordo com ela. Não vou mudar o podcast pois, do que entendi de seu comentário, tal mudança não implicaria na estrutura do podcast ou na qualidade dele (como você diz). Mas no jeito das pessoas que participam dele. Ou então, com todo respeito, você precisaria ser mais específica sobre o que te deu tanta dificuldade em ouvir o podcast até o final.

    Você reclamou que “a menina quer criar bordão”. A Ana deveria parar de agir do jeito que ela age no podcast pois te deixou irritada? É essa a sua sugestão???

    Pois isso para mim não faz sentido. E também não te acho um monstro por causa disso. Questão de gosto. Vai ver você se irritou ouvindo Ana e eu, tanto quanto eu me irrito vendo o Didi na MTV. rsrsrs

    O que eu faço é não assistir o canal na hora que tem programa dele, por exemplo.

    Quanto a opinião dos outros, aí é um pouco mais delicado, afinal as pessoas disseram que o podcast estava gay demais. E eu sou gay. Não tenho problema nenhum com isso e acredito que você também não.

    Como ia dizendo, li sua opinião, entendo sua crítica, mas prefiro assim, do jeito que está. Talvez seja questão de afinidade mesmo. É uma opção minha e da Ana continuar do jeito que o podcast está e do jeito que somos. E isso não implica em qualidade. Tá muito mais para comportamento e personalidade. Ou não?

    A não ser que você me diga que é difícil ouvir o podcast até o final pois a trilha é alta, a música de fundo é irritante. Aí é questão de qualidade mesmo.

    Infelizmente, se o que te irrita é a forma da conversa… Poxa, aí realmente fica difícil. O podcast é assim desde o começo, em 2007. Não é agora que a gente vai mudar.

    Enfim, acho que este papo já deve estar te irritando. Para encerrar, nós somos do jeito que você ouviu no podcast. Respeitamos a sua opinião e preferimos ficar do jeito que está. Uma pena que você não curte. Seria mais divertido ter a sua opinião e participação.

    Mas tudo bem.

    Um beijo.

    1. Ah, que fofa sua resposta agora!! Gostei, mas acho que é isso mesmo, afinal não há meios de agradar a todos. Que bom que agora vc não levou para o lado pessoal. Sempre ouvi os pods dos legendados, serie maniacos e ligados em serie qdo achei o site de vcs … e tb fui ouvi-los. Nota-se q cada site/pod tem sua identidade e tudo mais.
      Caio, não fiz nenhuma referência a sua condução, muito pelo contrário! Acho bacana sua opinião e seu jeito de falar – aliás não te achei tãoooooo gay asim!! O chato é ouvir os varios vicios de linguagem da co participante do pod!! mas é isso, muito boa sorte a vc e quero mais q vcs façam muito sucesso.

      Mas acho q vou ouvi-los mais um pouco, beleza?! bjs e cuidem-se. marcia

  6. Eu só queria entender onde está a critica construtiva no comentário. Não é porque não xingou ou ofendeu que a critica é construtiva. O bacana é quando ela vem calcada em argumentos, não recalcada.

  7. A Ana é ruim mesmo. Mas por contrato eu tenho que manter ela no podcast. huahuahuahau
    E eu sou BEEEEEM gay sim. rsrs
    Pode ouvir sempre que quiser.

  8. Como prometido Caio e Ana ouvi todos os podcasts anteriores. kkkkk Morri de rir com o podcast assim como nos anteriores.

    Agora eu não entendo porque essas pessoas que não gostaram do podcast, se dão ao trabalho de vir aqui reclamar. Minha gente, se vocês estão querendo um podcast sério, vão procurar em algum site de política ou de algum jornal de grande circulação que tem aos montes. A proposta do Boxcast sempre foi de divertir e comentar o que acontece no mundo das séries, e, pelo que eu saiba nenhum deles está ganhando cachê para fazer o Boxcast, então pra esse pessoal que tá reclamando só tenho uma coisa a dizer, quando vocês começarem a pagar pra eles fazerem aí sim vocês podem começar a exigir. Passar bem!

  9. Como prometido vim aqui comentar! Dei muitas risadas e gostei bastante do Podcast.

    Só não entendi esse pessoal que se deu ao trabalho de vir até aqui reclamar se não gostou. Eu quando não gosto de algo, deixo pra lá e vou seguir minha vida. Acho um absurdo quererem mudar o formato do Boxcast. Ouço há muito tempo e nunca tive do que reclamar, a proposta do BoxCast sempre foi de divertir, informar e comentar assuntos ligados ao mundo das séries. Aqueles que se sentem incomodados com o formato, comecem a pagar o salário de Ana e Caio (que até onde eu sei eles fazem isso de graça e porque gostam) para então poder exigir algo.

    Ponto alto do Cast: Ana ensinando como fazer um trade quando um parente seu está nas mãos do inimigo (Jaime Lanister – > Sansa e Arya).

    Ponto baixo: Quem é/era Trololó? Estou até agora navegado em mares turbulentos sem saber que é essa figura. kkkkkkkkkkkkk

  10. Gente, que delícia esse podcast. Tô aqui lindo limpando casa, fazendo almoço e ouvindo todos os últimos (e comentando nesse aqui porque tem bastante GoT, haha). Arrasaram demais, ouvirei sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *